No dia 23 de novembro aconteceu na Casa Clara de Assis o XII Encontro Afro do Lar Fabiano de Cristo Almas negras: a diferença enriquece e o respeito, une. Do encontro, participaram uma média de 90 jovens, representantes das Casas Clara de Assis (Natal/RN), Casa Odim de Araújo (Bayeux/PB), Pólo Cidade Cristã (Sapé/PB) e Grupo Esperança (Arez/RN).

A abertura foi realizada pelo Grupo de Teatro da Casa,seguida da palestra-tema do Encontro, realizada pela convidada Suely Gleide, professora do IFRN Central, pesquisadora na área de cultura afro-brasileira e educação e membro do comitê de Direitos Humanos e do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e indígenas.

Os Encontros Afro do Lar Fabiano de Cristo caracterizam-se pela duração de um único dia, com a Unidade-Sede definida por rodízio. Durante o dia, oficinas temáticas e criativas propiciaram reflexões sobre a cultura afro-brasileira, a preservação dos saberes e da identidade.

A Oficina de Fotografia oferecida pelos integrantes do Clube de Mídia foi das mais concorridas e a Oficina de Dialetos, ministrada pelo voluntário Astrogildo, causou um interesse especial com a apresentação de imagens de crianças gravadas de uma viagem à África onde ficou em um orfanato aprendendo e trocando conhecimentos e muitas músicas nativas que soam tão próximas e emocionam.

A necessária pausa para refeições foi bastante rica pois, além do cardápio tradicional, os participantes saborearam feijoada, tapioca, cocada, bolo de milho e grude, dentre outras delícias herdadas da cultura africana.

Ao cair da noite, o Momento Cultural Afro com belíssimas apresentações marcadas pelo talento e conscientização.

Comentários

Faça parte da Obra de Fabiano!