Você está no cinema, assistindo aquele filme que esperou meses até ser lançado, e quando está em uma parte importante do filme você escuta o choro de um bebê. Bem… geralmente as pessoas ficariam incomodadas, virando o rosto para a mãe com olhar de reprovação ou até mesmo fazendo “Shhh” com o intuito de a criança ser calada, mas essa não é uma sessão “normal”.
Desde 2008 um grupo de mulheres, que faziam discussões na internet sobre parto humanizado e maternidade ativa, falaram que sentiam saudades de ir ao cinema depois que tiveram filho. Então dez mães resolveram ir juntas a uma sessão. A ideia agradou tanto que começaram a fazer isso com mais frequência. A volta a vida cultural e a troca de experiências dessas mães teve um retorno tão bom que após alguns meses uma rede de cinemas começou a lançar sessões especiais para mães com bebês, e então nasceu também a Associação CineMaterna.
Atualmente essa empresa social conseguiu convenio com diversos cinemas em diversas partes do Brasil, estando presentes em 44 cidades, e tendo , em 2016, um público de 51 mil adultos e 29 mil bebês. As salas são adaptadas para receber bebês de até 18 meses, contando com trocadores de fralda, o volume do som reduzido, a temperatura do ar mais amena, além de ser levemente iluminada. As sessões são durante a semana as 14h.
Tem sessões em algumas cidade onde há unidades do Lar Fabiano de Cristo, como: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Campos de Goytacazes (RJ), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Manaus (AM), Natal (RN), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ).
Para ver se tem alguma sessão na sua cidade acesse o site: http://www.cinematerna.org.br/sessoes
Caso não haja uma sessão na cidade da unidade ou não seja tão acessível para os coparticipantes, tente fazer algo parecido na sua unidade. Junte mães e bebês para assistirem um filme divertido e até mesmo fazer um debate após a sessão.

Créditos: Divulgação/CineMaterna

Comentários

Faça parte da Obra de Fabiano!