Durante os dias 19 e 24 de novembro, a Casa de Gothardo Portela (Tucumã/PA) uniu as Oficinas de dança, teatro, música e capoeira e promoveram o espetáculo Mãe África, o espetáculo.
O espetáculo retratou a cultura do povo africano desde sua chegada ao continente americano, passando por todas as fases até sua “abolição”, datada de 13 de maio de 1888. Mostrando a dor da mãe negra em ter seus filhos arrancados de seus seios e o orgulho de seus filhos por sua mãe, que mesmo estando longe mantendo e disseminando suas tradições, que até os dias atuais continuam a se perpetuar.
Na noite de estreia, o teatro Tucumã contou com uma seleta plateia composta por autoridades municipais, empresas parceiras, fornecedores, coparticipantes (responsáveis pelos integrantes do elenco) e colaboradores da Casa. Foi uma noite de pura emoção onde meninos e meninas, ensaiados e dirigidos há mais de seis meses pelos Educadores Cleyton Melo e Joanderson Caetano, puderam colocar em prática toda a sua técnica e emoção no palco. O público ficou maravilhado com o trabalho. Ao final foi servido um coquetel ao presentes.
No domingo, dia 20 aconteceram mais duas sessões abertas ao público onde a primeira se realizou às 16h e a segunda às 19h. Em todas as sessões obtivemos um número significativo de expectadores. Até o final do dia para 243 pessoas que saíram encantadas com o espetáculo.
Entre os dias 21 e 24 de novembro foi a semana do PROJETO ESCOLA. Na ocasião foram convidadas todas as escolas Municipais e Estaduais de Tucumã para assistirem ao Espetáculo. Uma plateia de estudantes, acompanhados por seus professores e diretores. Vimos por vezes olhos marejados de lágrimas de tanta emoção na plateia e nos cumprimentos finais.
Foram dias especiais e inesquecíveis.
Ao todo Mãe África, o espetáculo foi visto por 845 pessoas em 06 sessões. Um sucesso de crítica e público!
Encerramos esta primeira temporada com um gostinho de “quero mais”.

Mãe África12

Mãe África11

Mãe África10

Mãe África9

Mãe África8

Mãe África7

Mãe África6

Mãe África4

Mãe África3

Mãe África2

Comentários

Faça parte da Obra de Fabiano!