No dia 09/12/18, nosso instrutor de judô Jefferson Leonardo Gonçalves recebeu sua faixa preta outorgada pela Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro- FJERJ e reconhecida pela Confederação Brasileira de Judô-CBJ,tornando-se o primeiro faixa preta formado pelo Projeto Ippon/LFC.

A evolução de um atleta, até a faixa preta é árdua. Além da dedicação quase obstinada, tem custo vultoso,são diversos módulos a serem superados: currículo documentado, testes diferentes para idades diferentes e cursos obrigatórios: História e Filosofia do Judô; Oficiais de Mesa e ou Arbitragem e Fundamentos de Técnicas em Geral; tudo de modo a reforçar a nova posição de sensei e propagador da filosofia do judô, ampliando sua experiência, anteriormente apenas de praticante.

Jefferson Leonardo teve sua história de superação e dedicação divulgada no Jornal Expresso, edição do último dia 13/12/18: para garantir recursos e custear os módulos obrigatórios empreendeu na venda de pizzas.

A outorga da faixa preta foi realizada em presença de amigos e ídolos do esporte: Flávio Canto – medalhista olímpico e pan-americano; Geraldo Bernardes, treinador da seleção olímpica brasileira, indicado 2018 pelo Comitê Olímpico Brasileiro para receber o Troféu COI (Comitê Olímpico Internacional) e o SHIRAN Jair Hilário da Silva, diretor Técnico do Projeto Ippon, na mesma solenidade promovido ao 9º Dan de Judô ( feito para pouquíssimos atletas).
Coube a Marlos Henrique Drumond de Moura – coordenador do Projeto, seguir a tradição entre judocas e aplicar o “primeiro Ippon no novo faixa preta”.

Parabéns, Jefferson Leonardo!

Comentários

Faça parte da Obra de Fabiano!